Os Limites de Tolerância para Radiações Ionizantes

A Portaria MTB 1.084/2018 estabeleceu que os limites de tolerância para Radiações Ionizantes são os que constam na norma CNEN NN-3.01 - Diretrizes Básicas de Radioproteção.

 

Órgão

Individuo Ocupacionalmente Exposto Indivíduo do Público
Corpo inteiro (Dose Efetiva) 20 mSv[a] 1 mSv[b]
Dose equivalente para o Cristalino 20 mSv[a] 15 mSv
Dose equivalente para a pele[c] 500 mSv 50 mSv
Dose equivalente para mãos e pés 500 mSv ---

 

[a] Média ponderada em 5 anos consecutivos, desde que não exceda 50 mSv em qualquer ano.
[b] Em circunstâncias especiais, a CNEN poderá autorizar um valor de dose efetiva de até 5 mSv
em um ano, desde que a dose efetiva média em um período de 5 anos consecutivos não exceda a 1mSv por ano.
[c] Valor médio em 1 cm2 de área, na região mais irradiada.
* Para fins de controle administrativo efetuado pela CNEN, o termo Dose Anual deve ser considerado como dose do ano calendário, isto é, no período decorrente de janeiro a dezembro de cada ano.
As doses lidas nos dosímetros da PRO-RAD servem para verificar se o usuário recebeu doses dentro dos limites estabelecidos pela norma.
É importante frisar que de acordo com a Lei 6.514 de 22/12/77, Portaria 3214 de 08 de junho de 1978 e Portaria MTB 1.084/2018, está previsto adicional de insalubridade quando os níveis de radiação estiverem acima dos limites de tolerância.

A Dosimetria Individual é uma medida de grande responsabilidade para a determinação da dose de cada usuário. A PRO-RAD fornece todos os tipos de Monitores Pessoais, além disso oferecemos a todos os nossos clientes uma solução completa na gestão da dosimetria pessoal a Área do Cliente PRO-RAD.

Conheça nosso serviço de Monitoração Individual! Dosimetria Pessoal PRO-RAD

Mais informações



Se preferir, entre em contato pelo WhatsApp (51) 99679-0202

PRO-RAD CONSULTORES EM RADIOPROTEÇÃO